Dia: março 4, 2016

Olhando nos olhos

Esse é um assunto que eu já mencionei de passagem em alguns outros posts, mas vale a pena um post só pra falar disso.

Eu tenho percebido cada vez mais claramente que os alemães olham nos olhos uns dos outros MUITO mais que a gente. Isso é uma coisa que eu jamais teria imaginado, porque eu nunca achei que eu ou as pessoas no Brasil evitassem olhar nos olhos umas das outras. Olhar nos olhos é uma característica forte da cultura ocidental, da qual nós também fazemos parte. Então é uma surpresa pra mim perceber que isso aqui é tão diferente.

Os alemães olham nos olhos das pessoas com quem estão falando SEM.PRE. Em qualquer diálogo, por mais curto que seja, eles olham bem diretamente nos olhos da outra pessoa.

A primeira situação em que eu percebi isso foi na hora de brindar. Os alemães ADORAM brindar, eles brindam em tipo QUALQUER situação. E aí, eu já estava morando aqui há uns 2 anos quando uma amiga brasileira comentou que tinha aprendido que é uma regra mega importante olhar nos olhos durante o brinde. Nunca tinham me falado isso, mas desde então eu comecei a prestar atenção e, de fato, as pessoas estavam sempre me olhando nos olhos quando brindavam comigo! Realmente era uma regra tão básica que ninguém nunca tinha pensado em me falar… eu escrevi um pouco sobre esses e outros costumes que os alemães não te avisam que é assim porque é óbvio demais pra eles nesse post aqui.

Depois disso, eu comecei a prestar atenção e perceber que várias outras situações em que eu desviava o olhar e a outra pessoa estava olhando diretamente pra mim. A primeira e que mais me “chocou”, por assim dizer, foi em lojas/padarias/restaurantes ou similares. Eu percebi que eu nunca olhava no olho da pessoa do balcão, do caixa, etc. Quando eu comecei a prestar atenção nisso, vi que aqui as pessoas do outro lado do balcão estavam sempre me olhando nos olhos quando vendiam alguma coisa, pegavam o dinheiro que eu estava pagando, pegavam meu pedido, o que for. Pode parecer meio absurdo o que eu estou falando, mas presta atenção: normalmente nessas situações a gente tende a desviar o olhar – você olha pro dinheiro, pro pãozinho que vc está comprando, pro menu, o que for. Quando vc olha pra pessoa, vc olha rápido e meio de lado, não diretamente nos olhos. Aqui as pessoas realmente se olham nos olhos nessas situações.

E mais recentemente, eu andei notando isso novamente em outras situações. Como nos últimos meses eu tenho passado mais tempo com alemães que eu não conheço super bem (colegas de trabalho, por exemplo), eu andei percebendo também que eles fazem questão de olhar nos olhos do interlocutor em situações que a gente não faz, por exemplo, quando eles estão andando lado-a-lado com alguém na rua conversando, ou então no carro, um dirigindo e um sentado no banco do passageiro. Nessas situações eu notei que eu costumo mais olhar pra frente, ou por onde estou andando, e não necessariamente virar pra olhar a pessoa com quem eu estou falando o tempo todo. Mas eles realmente me olham diretamente quando estão falando comigo, mesmo andando ou dirigindo.

Não sei se sou eu que evito olhar nos olhos das pessoas quando não sou super próxima delas por alguma fobia social (não sou lá a pessoa mais confortável em situações sociais), de repente é isso. Mas acho mesmo que no Brasil as pessoas não se olham tão diretamente em todas as situações, porque eu nunca tinha sentido esse olhar direto tão freqüentemente por lá.

Pode ser um pouco desconfortável em algumas situações, mas certamente olhar nos olhos do seu interlocutor mostra um respeito pelo mesmo, mostra que você está realmente prestando atenção nele e no que ele está dizendo, e isso é bem positivo. E talvez seja a maneira dos alemães compensarem pelo fato de eles nunca encostarem uns nos outros e não serem tão simpáticos e delicados como nós, hehehe!

Se você tem uma experiência similar ou totalmente oposta nesse assunto com os alemães, conta lá nos comentários!


(Publicado em 4 de Março de 2016)