Dia: junho 18, 2019

Comprando bilhetes de trem (IC/ICE) – Parte 2: Entendendo seu bilhete e viajando com ele

Esse post é a segunda parte do post sobre como comprar bilhetes de trem da Deutsche Bahn. Se você comprou seu bilhete seguindo os passos descritos no primeiro post, você deve ter agora recebido seu bilhete por e-mail e está nesse momento olhando para ele sem entender patavina (assumindo que você está lendo esse post pq quer comprar um bilhete de trem mas não fala alemão).

2. Entendendo seu bilhete

Pois bem, essa é a cara do seu bilhete:

Screenshot 2019-06-16 at 14.25.55

Eu falei no outro post que você pode ou imprimir o bilhete ou mostrá-lo no celular, mas ATENÇÃO! Para mostrar o bilhete no celular, você precisa baixar o App da DB (DB Navigator) e carregar o bilhete lá! Não é pra mostrar esse PDF no celular (talvez funcione, também, mas eles falam que é pra baixar no app, então melhor não arriscar). Então ou você imprime esse PDF que recebeu por email, ou você carrega o bilhete no app DB Navigator usando para isso o Auftragsnummer  que aparece no bilhete, no assunto do e-mail e, inclusive, é o nome do PDF com o bilhete. É uma sequência de 6 dígitos, números 3/ou letras.

Note que, se você comprou uma passagem para duas pessoas, ou mais, o bilhete é um só. Ali aparece que o bilhete é válido para 2 adultos, um com um cartão de desconto BahnCard 25. (Erw: 2, mit 1 BC25)

As informações importantes desse bilhete, pra você, aparecem nesse quadro:

Screenshot 2019-06-16 at 14.26.07

A primeira parte (Ihre Reiseverbindung und Reservierung Hinfahrt am…) é o bilhete de ida.

Aparece a estação onde você vai pegar o trem, no caso Dresden-Neustadt, a estação de desntino, no caso Eisenach. A data, o horário de saída e horário de chegada, a plataforma de saída e plataforma de chegada, o número do trem (nesse caso é o ICE 1552), e os detalhes da reserva do assento. Ali diz que são 2 assentos (2 Sitzplätze), no Vagão 21 (Wg. 21), assentos 32 e 34, um na janela (Fenster) e um no corredor (Gang), no vagão aberto (com vagão aberto eu quero dizer sem compartimentos, com os assentos dispostos como num ônibus, por exemplo. Não sei se tem um nome específico em português pra isso. Em alemão é Großraum), Vagão para não-fumantes (Nichtraucher), Vagão com uso de celular permitido (Handy, no post anterior eu expliquei que tem vagões onde não é permitido falar no telefone durante a viagem), e número da reserva. Note que, apesar de estar especificado que o vagão é para não-fumantes, na verdade não há vagão para fumantes, é proibido fumar em qualquer lugar do trem. Eles escrevem em todos só pra deixar claro, mas não há um vagão onde seja permitido fumar.

Na segunda parte (Ihre Reiseverbindung und Reservierung Rückfahrt am…), os detalhes da viagem de volta.

Nesse caso são dois trens, um de Eisenach até Leipzig e um de Leipzig até Dresden Neustadt. Ou seja, você tem que trocar de trem em Leipzig HBF. O primeiro trem chega na plataforma 11 às 21:10 e o segundo trem sai da plataforma 15 às 21:30. Então você tem 20 minutos pra descer do trem, andar até a outra plataforma e pegar o segundo trem.

Ok, bilhete compreendido, como funciona a viagem?

3. A viagem

Você vai chegar na estação, de preferência com alguma antecedência, e a primeira coisa a fazer é, claro, descobrir de qual plataforma sai o seu trem. Embora esteja escrito no seu bilhete, é bom checar no painel grandão do saguão pra ter certeza que não mudou.

Na plataforma, os painéis menores também indicam o próximo trem a sair de lá. Por exemplo, esse painel da foto mostra que o próximo trem chega às 14:51 (Ankunft: chegada), é o trem de número RB 17221 (portanto um trem regional), e está vindo de Zwickau. Normalmente o painel mostra para o onde o trem vai, e não de onde ele vem. Mas esse trem provavelmente ia terminar aí, então o painel só motrava as informações do trem em si, e não da partida, mais pra quem estivesse por exemplo esperando alguém que chegue nesse trem.

Ao procurar seu trem em quaisquer painéis, lembre-se de que a estação que aparece na sua passagem, que é o seu destino, possivelmente não é a estação final do trem. E essa não aparece no seu bilhete. Então procure sempre pelo número do trem e o horário. De acordo com a passagem exemplo que eu coloquei lá em cima, é o ICE 1552 das 18:16 que você vai procurar no painel, e não um trem pra Eisenach. Esse ICE 1552 vai pra Frankfurt (Main), e o nome da cidade que é o seu destino (nesse caso-exemplo, Eisenach), não vai aparecer em lugar nenhum, exceto talveeeez no visorzinho digital do lado da porta de cada vagão do trem.

IMG_0522

O painel acima, da plataforma 3, mostra que o próximo trem, o IC 2448, sai às 19:10 para Hannover Hbf, passando em Leipzig Hbf e Magdeburg Hbf (não aparecem todas as cidades onde ele pára, só as principais). Ali pequenininho do lado tb mostra em que áreas da plataforma estão os vagões da segunda classe, os da primeira classe, e o vagão onde dá pra colocar bicicletas.

Tenha em mente também que, se você  chegar na plataforma muito cedo, é bem provável que o painel da plataforma esteja mostrando ainda algum trem anterior. Fique de olho no painel para saber também se é mesmo o seu trem que está chegando, e não algum outro que vem antes, e também para ficar a par de quaisquer avisos referentes ao seu trem – como atrasos, mudança de plataforma, troca na ordem dos vagões, etc. Na foto acima, aparecem na parte debaixo do painel os próximos dois trens que chegarão naquela plataforma: o IC 2047 vindo de Colônia, e o IC 2079 vindo de Berlim. Se aparece “von …”, significa que o trem está vindo daquela cidade, e não indo pra ela. Então ele provavelmente termina nessa estação e não segue para nenhuma outra, e o trem aparece no painel apenas para informar quem esteja por exemplo esperando alguém que vai chegar naquele trem.

Inconvenientemente para turistas, eventuais avisos nos painéis aparecerão somente em alemão, e serão anunciados no alto-falante da plataforma, também quase sempre só em alemão. Então se você notar algo estranho – algum aviso no painel que você não entende, alguma coisa anunciada no alto-falante a que as outras pessoas esperando na plataforma pareceram ter alguma reação (tipo todo mundo parado na plataforma começou a se mover proutro lugar), o jeito é perguntar para alguém ali.

Se você tiver reservado assento, você vai estar se perguntando como fazer pra encontrar seu vagão e seu assento. É claro que nos vagões estará escrito o número, mas se o trem vem, para 2 minutos pra todo mundo subir e descer, e continua, você vai querer saber mais ou menos onde vai parar seu vagão antes do trem chegar na plataforma. Pra isso servem uns painéis impressos com o mapa dos trens espalhados pela plataforma. Eles têm essa cara aqui:

IMG_8777

IMG_8778

Lá você procura pelo seu trem e horário, digamos o ICE 1552 das 18:10. ali no mapinha do trem você procura o número do seu vagão, digamos 27 (os ICs têm vagões numerados 1, 2, 3…, enquanto nos ICEs a numeração começa no número 21). Achando o vagão, você vê em que área da plataforma ele vai parar, são as letrinhas que aparecem na última linha desse painel da foto, A, B, C, D, E ou F. Nesse caso, o vagão 27 estará na região D. Aí você se dirige pra área da plataforma que tenha uma plaquinha com aquela letra, elas têm essa cara:

IMG_9768

Chegando o trem, você vai olhando os números dos vagões que forem passando por você pra ir acompanhando. Ideal é sempre entrar direto no vagão onde está seu assento, pq ficar percorrendo os corredores do trem com um monte de mala na hora que tá todo mundo entrando, procurando seus lugares, guardando malas, dando espaço para outros sentarem, etc, é a maior inconveniência. Especialmente se o trem estiver super cheio e tiver um monte de gente de pé nos corredores, aí se você entrar num vagão distante do seu, se pá vc nem consegue mais chegar no seu assento. Mas, claro, se seu vagão parou do outro lado da plataforma e o trem é quilométrico e sai dali a 2 minutos, melhor entrar logo no meio e ir por dentro até chegar no seu.

MAS CUIDADO! Nem sempre dá pra acessar todos os outros vagões do trem por dentro! Isso porque alguns trens são divididos. São basicamente dois trens presos um no outro, e aí em alguma estação no meio do caminho eles são divididos em dois trens separados e vai cada um prum lado diferente. Então se você entrar no lado errado do trem, vc pode não conseguir chegar no seu vagão por dentro do trem (além de poder acabar indo pra outra cidade pq estava na parte do trem que ia pra outro lugar… ops!). Por isso o ideal é sempre ver no mapinha onde vai estar o seu vagão e entrar direto nele.

No painel da foto abaixo, o trem que está pra chegar é um desses com dois pedaços, e o mapa do trem aparece já no painel eletrônico (nem sempre aparece).

IMG_9056 2

Nesse exemplo, o trem ICE 1652 das 08:16 para Wiesbaden HBF têm duas metades, a primeira com os vagões 31 a 38, nas áreas A a C da plataforma, e a segunda metade têm os vagões 21 a 28, nas áreas C a F da estação. Então se seu vagão for o 24 e vc entrar no trem no vagão 32, vc não vai conseguir chegar no seu vagão por dentro do trem.

E se você não tiver reservado assento, tome cuidado em trens que se dividem de entrar na metade certa (aí o melhor é perguntar prum funcionário do trem na hora de entrar no mesmo, se vc não tiver certeza de qual metade é a sua).

IMG_0509

Leipzig_IC

“Leipzig IC” by ArtVandelay13 – Own work – Wikipedia

Os números dos vagões estarão escritos nos visores ao lado das portas dos vagões, onde também vai estar escrito o número do trem, pra você checar de novo e não entrar no errado. Como cada vagão tem duas portas, uma em cada extremo do vagão, está escrito também a numeração do assento que é mais próxima daquela porta. Então, por exemplo: Numa porta estará escrito: 1-60 e na outra porta: 61-120. Quer dizer que os assentos 1-60 daquele vagão estão na primeira metade, e os assentos 61-120 na segunda metade. Se seu assento for o 34, digamos, o ideal é entrar na porta que estiver indicando 1-60, que a distância até o seu assento é mais curta. E quanto menos você tiver que atravessar corredores tropeçando nas pessoas e batendo sua mala pelos lados, melhor.

IMG_0507

Nesse IC da foto acima, o vagão na nossa frente é o vagão número 5. O 1 gigante ali em cima indica a classe, não o número do vagão. Então vagão 5 é da primeira classe. Entrando por essa porta você está mais perto dos assentos 10-50 do andar debaixo e 100-140 do andar de cima. O símbolo com o “Psst” que aparece aí indica que é um vagão “silencioso”  (onde não é permitido falar no celular durante a viagem, ou conversar alto, ou fazer barulhos desnecessários).

Entrando no trem, a numeração dos assentos está marcada ou sobre os assentos, ou, nos trens mais novos, na lateral encosto do assento do corredor:

Você vê o número do assento e a indicação de se o assento é na janela ou no corredor. Então nessa foto do exemplo o assento 33 é o da janela, e o 32 é o do corredor. No visorzinho aparece a informação da reserva do assento. Se o assento está reservado, aparecerá as estações entre as quais ele está reservado. Por exemplo, se você está indo de Hannover a Nuremberg num trem que começa em Hamburgo e vai até Munique, e vc reservou assento, aquele assento estará reservado apenas entre Hannover e Nuremberg. Então até o trem chegar em Hannover, vai aparecer no visorzinho “Hannover HBF – Nürnberg HBF” Então se uma outra pessoa entrar no trem em Hamburgo para descer em Hannover, ela pode tranquilamente sentar naquele assento sabendo que ele está reservado apenas a partir de Hannover.

O aviso do visorzinho vai desaparecer 15 minutos depois do trem sair da estação marcada como início da reserva. Então no nosso exemplo, 15 minutos depois do trem partir de Hannover HBF, o aviso da reserva desaparece do visor. Isso porque seu assento fica reservado por 15 minutos, depois desse tempo ou vc está sentado lá, ou o assento fica liberado pra quem quiser sentar lá. Outro motivo pra vc não entrar num vagão muito distante do seu, no trem.

Talvez você se pergunte, olhando a foto acima: Mas e esse “ggf. freigeben“, significa o quê? Alguns assentos terão esse aviso no visor porque eles ficam separados para reservas de última hora, ou outras situações como para pessoas com problemas de mobilidade. ggf. freigeben significa que a princípio vc pode sentar lá, mas pode ser que de repente apareça alguém com uma reserva praquele assento, ou com o direito de sentar lá por um motivo qualquer. Ou seja, sente lá só se todo o resto estiver ocupado.

Às vezes os visores por algum motivo qq não estão funcionando. Aí pode bem ser que você esteja lá sentandinho de boas num assento sem reserva marcada, e aí aparece alguém com reserva praquele assento. Paciência, quem reservou tem direito ao assento, independente do visor estar ou não funcionando.

Também pode ser que você tenha reservado um assento e ao chegar lá tenha alguém sentado lá – que ou não sabia que tava marcado no visor a reserva pq nunca viajou de trem, ou pq o visor tava desligado por um motivo qq na hora que a pessoa sentou, ou pq a pessoa sentou lá na esperaça de que você não aparecesse, ou não tivesse coragem de pedir pra ela ceder o lugar. Nesses casos eu não faço a menor cerimônia, aviso sem hesitar que o assento está reservado (aliás, acontece frequentemente). Se por algum motivo a pessoa se recusar a sair do seu assento (nunca me aconteceu, mas já presenciei ocorrer com alguém), procure logo o fiscal de bilhetes pra resolver o assunto. MAS Antes de chegar chegando falando que a pessoa está no seu assento, certifique-se de que ela está, mesmo, no seu assento! E que você não está no vagão errado sem querer, ou olhou errado a numeração.

Finalmente, pode ainda ocorrer de o assento não estar reservado mas estar ocupado por um objeto inanimado que não sente dor nas costas nem cansaço nos joelhos, digamos uma mochila. Uma situação recorrente em meios de transporte alemães, independente da quantidade de pessoas de pé no corredor ao lado do assento ocupado pela mal-educada mochila. Não espere que um alemão vá tirar sua mochila do lugar ao seu lado ao ver uma pessoa se aproximando e sendo aquele o único assento vazio, não vai ocorrer. Você vai ter que pedir. Peça, sem cerimônia. Mochila não precisa sentar. (claro, apesar da tremenda falta de educação de deixar uma mochila ocupando um assento num trem cheio, pergunte educadamente se o assento está livre que de repente a mochila é de alguém que só foi até o banheiro e já volta… Regras sociais locais: claro que vc pode levantar e ir ao banheiro ou buscar um cafezinho sem perder seu lugar.)

O seu bilhete será verificado pelo fiscal que passa depois de cada estação olhando os bilhetes. Se o fiscal for o mesmo que já passou por ali antes, ele passa dizendo “Zugestiegene Fahrgäste, Fahrscheine bitte”, ou “Passageiros que entraram agora, a passagem, por favor.” O que significa que se você já mostrou sua passagem pra ele antes, você pode ficar quietinho de boas sem mostrar de novo. Se eles decoram todo mundo de quem eles já olharam a passagem? Tenho minhas dúvidas. Mas se você confidentemente continuar fazendo o que estava fazendo sem dar atenção pro fiscal passando, ele quase provavelmente vai se convencer de que já viu sua passagem. Se você for uma pessoa que passa despercebido por aqui. Se você for alguém diferente da aparência típica alemã, certamente o fiscal vai perceber que não te viu antes. Se mudar o fiscal no meio do caminho, aí sim ele vai pedir pra ver todas as passagens de novo.

Se você baixou o app e colocou o ticket nele, você pode mostrar o “Handy-Ticket” no celular em vez de levar o bilhete impresso. E se você tiver também reservado assento, você pode fazer um check-in via app e aí não precisa mostrar bilhete nenhum pra fiscal nenhum. Esse sistema de check-in é uma coisa nova, o fiscal recebe na maquininha dele o aviso de que o passageiro do assento xyz já fez o check-in (e está portanto com o bilhete em ordem e sentado no assento que reservou) e não precisa verificar o bilhete do mesmo.

Durante a viagem, fique atento caso a sua estação não seja a estação final do trem. Em estações menores, o trem pára apenas por dois, três minutos, então você já tem que estar preparado para descer do trem na hora que ele chegar na estação. Atrasos de alguns minutos não são incomuns. Infelizmente, nos últimos temposa atrasos de muitos minutos também não tem sido incomuns. Se o trem estiver atrasado e você estiver correndo o risco de perder sua conexão, normalmente o condutor vai avisar no alto falante a situação de todas as conexões – se vai dar pra pegar, qual a plataforma, ou qual alternativa tem caso a conexão vá ser perdida pelo atraso. Normalmente eles fazem esses anúncios em inglês também. Se você ainda estiver em dúvida, pergunte para o fiscal de passagens que ele te dá as informações direitinho.

Se você vai pegar um segundo trem ao descer do primeiro, preste atenção que às vezes o tempo para a troca é BEM curto, por exemplo 4 minutos. Nesses casos a plataforma do segundo trem costuma ser a mesma, ou a que fica logo a frente da em que você vai descer. Mas esteja preparado para sair rápido e andar/correr para a plataforma do seu segundo trem, especialmente se o primeiro chegar atrasado.

IMG_0518

Ok, acho que é isso o que dá pra falar sobre os ICEs e ICs.

Nos próximos dias posto ainda a parte 3 deste longo post sobre comprar passagens de trem, falando de como funcionam as passagens para os trens regionais!


(Publicado em 18 de Junho de 2019)