comemorações

Natal na Alemanha 1: Decorações

Escrever um post sobre as tradições natalinas daqui é um pequeno desafio. Embora existam particularidades gerais, aqui como em qualquer lugar, as tradições variam bastante de família para família. E como eu também não conheço uma enorme variedade de famílias alemãs, fica difícil dizer o que é particular e o que é geral.

Mas vamos lá.

Primeiro talvez convenha falar de algumas decorações típicas por aqui. Os Alemães não são muito de fazer grandes decorações na casa toda, encher de luzes e papais-noéis, como em filmes americanos. Mas algumas luzes e, claro, a árvore de Natal são um must. Só que aqui a árvore sempre é de verdade. Se você quiser achar uma árvore de natal de plástico para comprar, acho que só pela internet em site estrangeiro, e os alemães vão te olhar com sobrancelhas erguidas ao máximo se encontrarem uma árvore de natal de plástico na sua casa. Melhor não arriscar. Esquisitamente, me parece que eles só enfeitam a árvore de Natal no dia 24.

Na Saxônia, o estado alemão onde moro, existem algumas decorações típicas da região, comuns durante o Natal. A primeira é uma estrela grandona com uma lâmpada dentro chamada Annaberger Faltstern para pendurar na janela.

IMG_3616

Dá para comprar de vários tamanhos, mas as mais comuns são as grandonas, mesmo. Nos mercados de natal de Dresden e região, tem barracas que vendem só dessas estrelas, de vários tamanhos e cores, mas todas bem caras.

IMG_3635

Outra decoração comum são os Schwibbogen, um arco de madeira com velas (hoje em dia é mais comum lâmpadas disfarçadas de velas) e todo decorado. Assim:

Pode ter várias caras diferentes, mas são todos uma bela obra de marcenaria. Também para colocar na janela. Normalmente super caros, claro.

Ainda na linha de incríveis trabalhos de marcenaria, tem também as pirâmides de Natal:

Ao acender as velas na base, o ar quente sobe e movimenta a hélice no topo, que faz os carrosséis dos vários andares girarem.

Esses enfeites super complexos de madeira são típicos não da Saxônia inteira, mas da parte sul do estado, a  região conhecida “Erzgebirge” (a serra entre a Alemanha e a República Tcheca). Em Dresden você encontra várias lojas só desses maravilhosos e híper trabalhados enfeites. Os preços variam entre caro, muito caro, realmente muito caro, caríssimo e órgãos para transplante (olhos da cara e outros). Alguns bem simples podem ser encontrados por 100 euros. Os mais complexos e detalhados custam fácil dois, três mil euros. No Oeste da Alemanha você não vê muitos desses, mas eu estive recentemente em Annaberg, uma cidadezinha na Erzgebirge, e lá, realmente em TODAS as janelas de TODAS as casas, TODAS MESMO, tinham esse arco de madeira com velas ou lâmpadas.

Mas se o seu orçamento não permitir, tem algumas outras alternativas aos enfeites típicos para um natal alemão, leia-se, comida típica. Mas esse será o tópico do próximo post, amanhã!


(Publicado em 23 de Dezembro de 2013)

 

Mercados de Natal

Algo super típico na Alemanha durante o mês de Dezembro são os tradicionais mercados de Natal, ou Weihnachtsmärkte. Praticamente qualquer cidade na Alemanha tem um ou muitos mercados de Natal. Nas cidades maiores, com mercados mais antigos e visitados, as decorações do mercado são tão complexas e exageradas que eles começam a montar as barracas semanas antes de abrir.

Um bom exemplo é o Striezelmarkt, em Dresden.

Dito o mercado de natal mais antigo da Alemanha, o Striezelmarkt completa esse ano nada menos nada mais que 579 anos de existência. Um pouquinho mais antigo que o descobrimento das américas.

dresdner-striezelmarkt-6747d03f-8202-4509-a42a-3e63712234d9

As barracas têm das mais variadas e inusitadas decorações…

Todas

O ruim desses mercados de natal, especialmente dos maiores, é que as coisas à venda nas barracas são caríssimas.E também não são muito variadas, você encontra quase as mesmas coisas nos diferentes mercados de Natal, especialmente se for na mesma cidade.

Entre as várias coisas que você encontrará nos mercados de Natal estão bolos de gengibre em forma de coração (bem típico daqui, os bolos de gengibre, Lebkuchen em alemão) e frutas cobertas de chocolate;

IMG_3779

Vários enfeites de madeira, típicos de Natal daqui;

IMG_3626IMG_3627

outros enfeites e várias velas bonitas;

IMG_3632

apetrechos de inverno;

IMG_3730

outros enfeites de natal, como essas estrelas típicas de Dresden;

IMG_3635

entre outras coisas! Lógico, várias opções de comidas e bebidas. Nessa categoria, comum aqui na Alemanha durante a época de Natal é o Glühwein servido em canecas personalizada (de cada mercado de natal). Glühwein é um vinho quente com uns têmperos. Não sou a melhor pessoa para recomendar bebidas, já que não bebo, mas todo mundo adora, então deve ser bom.

IMG_3610

IMG_3613

Em alguns mercados de natal você encontra ainda algumas coisas particulares como rodas-gigantes, pista de patinação no gelo, carrossel…

IMG_3732 IMG_3753

E claro, o que não pode faltar é a árvore de natal gigante no meio:

IMG_3644

Ter a árvore de natal certa no local é tão importante que depois da árvore escolhida no ano passado para o Striezelmarkt receber severas críticas, esse ano a cidade resolveu fazer uma enquete online com algumas opções de árvores para ver qual as pessoas gostavam mais.

IMG_3668

IMG_3755

Os mercados de Natal costumam abrir no final de Novembro, antes do primeiro advento, e ficam abertos até o dia 23 ou 24 de Dezembro.

IMG_3682 IMG_3693 IMG_3722 IMG_3852 IMG_3854


(Publicado em 21 de Dezembro de 2013)

 

Adventos e calendários

Na Alemanha celebra-se nas quatro semanas que antecedem o Natal o Advento. O Advento é o período pré-Natal em que são feitas todas as preparações para a data. É basicamente como se eles fizessem um esquenta pro Natal. Eu também fazia isso quando criança, desenhava um calendário “até-natal” que começava no dia 1˚ de Dezembro e terminava no dia 25 (dia de ganhar presentes), e mostrava, além do número do dia, o número em contagem regressiva até o Natal.

Os alemães fazem quase isso com o calendário de advento, bem comum por aqui. É um calendário que – como o Advento em si – começa no quarto domingo antes do Natal (cai entre 27 de Novembro e 3 de Dezembro) e termina, claro, dia 24.

Cada domingo é um Advento, quer dizer, o primeiro domingo é o 1˚ Advento, segundo domingo é o 2˚ Advento, e assim vai. Portanto têm sempre 4 adventos antes do Natal.

Estou explicando essas coisas que fazem parte da religião cristã, então se pá todo mundo super comemora isso no Brasil também e eu é que não sei. Mas eu nunca ouvi falar de calendário de advento antes de vir pra cá, e aqui faz parte não só da religião, mas da cultura local, mesmo, que nem o Natal em todos os países cristãos. Quer dizer, mesmo que você não siga nenhuma religião em particular, é normal comemorar o Natal, e aqui também os adventos.

Mas voltando ao calendário, o especial é que não é um calendário qualquer, um papel com os dias marcados. Oh, não! O Calendário de Advento é um pouco avançado porque cada dia guarda uma surpresinha!

O comum é cada dia ser uma caixinha, dentro da qual fica um chocolate esperando para ser comido naquele dia. Mas podem ser presentinhos, também. Por exemplo, assim:

Mas o legal é que tem mil maneiras diferentes de fazer um calendário de advento, você pode deixar a sua criatividade fluir e com alguns materiais de jardim da infância (papéis coloridos, cola, tesoura sem ponta…) montar o seu próprio calendário de advento personalizado!

Eis aqui apenas alguns poucos exemplos:

sticka-advent-kalender-handarbete-pyssel-tips-ide-inspiration-728x600

Enfim, infinitas possibilidades. Dá até para tentar convencer seu gato a comemorar o Natal comprando um calendário de advento dourado gourmet para gatos:

Outra coisa comum para a época do Advento é a “coroa” de advento. Não sei se o nome seria esse em português, o wikipedia nem tem página em português sobre o assunto. Mas a tal coroa é que nem uma guirlanda daquelas de pendurar na porta no Natal, só que para ser deixada na mesa. Em volta da guirlanda têm quatro velas, para serem acendidas uma a cada domingo de Advento.

E também a coroa de advento pode ter diferentes formatos, como essa que ganhamos no ano passado:

IMG_8480

E, claro, se você for religioso, além das coisas legais têm também todo domingo uma missa especial com histórias específicas da bíblia para cada advento, o padre acende a vela da tal coroa durante a missa, etc.

Se igreja não for a sua praia, no mínimo os presentinhos diários valem a pena! Difícil é se controlar para não abrir todos de uma vez…

tutorial_slider_top_Bosch_MT_Fenster-Adventskalender_Final_mit_Tool


(Publicado em 9 de Dezembro de 2013, atualizado em 13 de Dezembro de 2015)

 

Nikolaustag

Nikolaustag, ou Dia de São Nicolau, é uma data comemorada em alguns países da europa em 6 de Dezembro, celebrando São Nicolau. Nicolau foi um bispo cristão grego do século IV, conhecido pela sua reputação de presentear anonimamente colocando moedas nos sapatos que eram deixados às portas das casas, o que deu origem à lenda contemporânea do Papai Noel. Em outros países as comemorações cristãs do dia de São Nicolau são mais importantes, mas aqui na Alemanha é uma coisa mais voltada às crianças.

Os pequenos têm que limpar suas botas – as de inverno ou as de borracha para dias chuvosos, que todas as crianças alemãs têm – e colocá-las à porta de casa. Os pais insistem que durante a noite passa o São Nicolau deixando doces e às vezes pequenos presentes dentro das botas. Eu suspeito que seja só uma maneira inteligente de convencer as crianças a limpares suas próprias botas.

Se eu fosse criança iria arranjar botas bem grandes…

IMG_9173

Só que as opções de “doces” são um pouco duvidosas.Tudo bem, sempre vem um chocolate em formato de São Nicolau, mas além do chocolate deixa-se tipicamente também laranjas e amendoins. (?)

O interessante é que, por causa da data de São Nicolau, as crianças sabem que o nome do Papai Noel é Nicolau. (Em alemão, o papai noel chama-se Weihnachtsmann, ou “homem do Natal”).

O que pode ser inconveniente para pessoas chamadas Niklas ou Nikolas. Como é o caso do meu namorado. Que em certa ocasião telefonou para alguém, e atendeu uma criança de 5 anos. Seguiu-se o seguinte diálogo:

“Oi, aqui é o Niklas! Posso falar com a sua mãe, Silke?”
“Nikolaus!? Porque você está ligando? Faltou entregar algum presente?”
“Já está meio tarde para presentes, não?”(era fevereiro) “A sua mãe está?”
“Tá, peraí. Mãããããe, é o papai noel!!”

Mas embora seja voltado às crianças, também não é má idéia aproveitar a data para trocar presentes com seus colegas de apartamento!

1461234_10202659730349909_25930631_n


(7 de Dezembro de 2013)

Martinstag

Martinstag, ou Dia de São Martinho, é uma data religiosa comemorada em alguns países da Europa Central e do Norte, incluindo, claro, a Alemanha. A data oficial é dia 11 de Novembro, mas a comemoração referente costuma ocorrer em diferentes datas, de acordo com a conveniência da escola. Escola?

Eu não sei se outras pessoas comemoram o Martinstag por algum motivo qualquer, mas pelo menos por aqui é tipicamente uma festinha do jardim da infância.

Mas espere, antes de mais nada. Quem é esse tal São Martinho? O Lutero? Não, o Martinho em questão é o São Martinho de Tours, conhecido pela história em que ele corta seu casaco na metade para dividi-lo com um mendigo durante uma nevasca.

El_Greco_-_San_Martín_y_el_mendigo

Ele é também conhecido por ser amigo das crianças e padroeiro dos pobres.

Embora seja comemorado pelas escolinhas, não é uma comemoração brega chatinha. É bonitinha porque as crianças saem andando em grupos pela cidade com “lampiões”. Sei lá qual o melhor nome, mas são assim:

Tradicionalmente a procissão das criancinhas é puxada por alguém representando o São Martinho, em um cavalo. Mas acho que não é sempre que a escolinha arranja um cavalo pro evento… E voltando à história da data mais conveniente, como depende um pouco da escola, e a maioria prefere fazer o evento numa sexta-feira para ficar mais fácil para os pais participarem, em diferentes dias de Novembro você vê criancinhas com lampiões andando por aí.

Mas a comemoração não se limita à procissão. A mesma termina em uma fogueira, onde as crianças se juntam e comem o Martinstag Weckmann, um pãozinho em forma de homenzinho com um charuto.

Também faz parte da tradição do dia de São Martinho, comer ganso. Segundo a lenda, para evitar tornar-se bispo, São Martinho teria se escondido em um viveiro de gansos. Mas os gansos cacarejaram (cacarejaram?) e delataram o pobre São Martinho.

Eu nunca vi essa parte, mas de acordo com alguns alemães ocidentais, depois da procissão as crianças vão em grupinhos de porta em porta cantar músicas típicas de São Martinho para ganhar doces. Como cai normalmente no início de novembro, o dia de São Martinho é meio que a tradição alemã “comparável” ao Halloween. (com a diferença de que para ganhar doces as crianças cantam musiquinhas fofas ao invés de ameaçar os adultos com travessuras).

Embora Halloween não seja tradição na Alemanha, aos poucos mais e mais crianças saem com fantasias no dia das bruxas para pedir doces na vizinhança. Não é super comum, mas talvez apareçam um ou dois grupos de monstrinhos e bruxinhas à sua porta dizendo “Süßes oder Saures!”, a versão alemão de Trick or Treat.

Sou mais manter o tal dia de São Martinho, é mais simpático!


(Publicado em 17 de Novembro de 2013)