expressões

Algumas das minhas palavras preferidas

Esse não é assim o blog mais visitado da história da internet, mas eu sei que tem alguns poucos leitores regulares. Pra esses: perdoem o sumiço! Não despareci, nem morri, só que às vezes falta o tempo de sentar calmamente para criar um post, mesmo que o assunto não falte.

Mas antes que a barra de rolagem do blog enferruje, eis aqui um post novo!

Eu escrevo poucos posts que sejam mais especificamente sobre aspectos da língua alemã, porque afinal de contas esse é um blog sobre como são as coisas na Alemanha, e não um blog para aprender alemão.

Mas volta e meia abro uma exceção. Tipo quando dá vontade.

E aí deu vontade de escrever sobre algumas das minhas palavras alemãs preferidas.

Posts na temática língua escritos no passado incluem um sobre interjeições alemãs, um outro sobre dialetos alemães. E faz um tempo que eu às vezes uso ou ouço uma palavra em alemão e penso “haha, adoro essa palavra, qualquer hora preciso escrever um post sobre ela”. Fora que, como qualquer pessoa que já aprendeu qualquer língua a um certo nível de fluência sabe, tem certas palavras que não tem tradução exata em outras línguas, e aí quando vc está usando a língua A, sente falta da palavra B, e vice-versa. Então essa aqui é uma lista de algumas palavras alemãs que eu sinto falta quando converso em português (tirando as específicas da profissão que vc nunca mais lembra na própria língua se trabalha em outra!). Provavelmente amanhã eu vou lembrar várias outras palavras que eu não coloquei aqui, mas aí se for um caso escrevo uma continuação um dia desses.

Em negrito, a sílaba tônica:

Supi
Essa fofa palavra nada mais é que o diminutivo da palavra super, que significa – pasmem! – super. A diferença é que em alemão a palavra super é freqüentemente usada sozinha. Em português, “super” é um prefixo com valor de advérbio, e nunca vem sozinha, mas sempre acompanhada do adjetivo que é intensificado pelo prefixo super (lógico que eu dei um rápida pesquisada antes dessa breve aula de gramática, rsrs). Em português vc diria: ‘isso é superlegal’, ‘supergostoso esse sorvete’, ‘supermercado’, ‘supermãe’, etc. Em alemão, super é usado como adjetivo, sozinha, tipo:
“- Tem sorvete na geladeira, viu?”
 – Super!!”

E aí de vez em quando usam o diminutivo supi.
“Já entreguei aquele papel, viu?”
Supi, brigado!”
Se você usar supi em vez de super, vc tira um pouco a intensidade do super. Tipo “legal” e “legalzinho”. Super é mais uma resposta tipo “Oba!” ou “Supimpa!” enquanto que supi é mais um “ok, legal.” “blza, valeu.” 

Tschüsi
Seguindo a linha das palavras diminuidas colocado um i no final, Tschüsi é a versão diminutiva de Tschüss que é a versão alemã de tchau. Tschüsi é basicamente “tchauzinho”. Se eu falo “Supi” ou “Tschüsi“, meu marido comenta que eu já tô bem saxônica, então ele (que é do Oeste) relaciona esses diminutivos com essa região da Alemanha. Mas não acho que sejam exclusivos daqui. 

Übelst
übel
significa enjoado, doente ou mal. 
Nimm es mir nicht übel” é uma expressão útil que traduz bem diretamente pra “não me leve a mal”. Übelkeit significa enjôo. 
Sabendo isso, você vai ficar com muitos pontos de interrogação na cabeça quando ouvir frases como:
Das ist aber übelst geil!
Sie ist ja übelst schön!

Eis que em linguagem coloquial, übelst (bem frequente na linguagem de pessoas mais jovens) é simplesmente um advérbio de intensidade. Que poderia ser traduzido, por exemplo, para super.
Então os dois exemplos acima traduzem para 
“Mas isso é superlegal!”
“Ela é mesmo muuito bonita!”
Segundo meu marido, Übelst tb é regional, então talvez em outras partes da Alemanha vc não vá ouvir. Aqui na Saxônia eu ouço direto.

Dingsbums
“O coiso”, ou ainda “o coiso coisado”, ou mesmo “o treco” ou “troço” (Ding significa coisa). Dingsbums é a minha palavra preferida nessa língua dos demônios pq vc pode usá-la em qualquer situação em que você não lembre (ou não saiba) o substantivo que está querendo usar, e se o contexto ajudar o seu interloculor possivelmente vai prestativamente providenciar a palavra faltante. Obviamente é uma palavra coloquial. Mas altamente útil.

Convenientemente, você pode usar Dingsbums até para se referir a pessoas cujo nome você não lembra. (Bastante útil num país com pessoas com sobrenomes como Lautenschläger, Schwerdtfeger ou Hutschenreuther).  Então por exemplo, digamos que você está no trabalho e seu chefe pergunta:
Haben Sie schon den Erläuterungstext fertig?
(Você já terminou o texto explicativo?)
Ja, ist fertig und abgeschickt.
(Sim, já terminei e enviei)
An wem? An Frau Müller?
(Pra quem? Para a senhora Müller?)
An Frau Müller und an Herrn… äh… Herrn… Dingsbums.
(Para a Sra. Müller e para o… er… pro coiso.)
Sie meinen den Herrn Kunibert Willibald Pfützenreuther-Adelwandsteiner?
(Você quer dizer o Sr. Kunibert Willibald Pfützenreuther-Adelwandsteiner?
Genau. Herrn Pfü… ähh, ja, der.
(Isso, pro Sr. Pfü… er… é, esse aí.)

(Só evite fazer isso na frente da pessoa cujo nome você esqueceu, acho que dispensa o aviso.)

Pipapo
Outra maravilha da língua alemã coloquial, o Pipapo (se pronuncia Pipapô) significa, basicamente, “etcetc” ou “os coisos todos”. 
Por exemplo:
Ich habe schon Fahrkarten besorgt und das ganze Pipapo für die Reise erledigt
(Já comprei as passagens e resolvi os coisos todos da viagem)

Mitbringsel
Mitbringsel é uma coisinha que você traz pra alguém, um presentinho, uma lembrancinha, um souvenir de uma viagem. O que eu gosto da palavra não é o significado, mas como ela é montada. Mitbringen é um verbo que significa “trazer com vc”. 
Kannst du morgen das Buch mitbringen, worüber du gesprochen hast?
(Você pode trazer amanhã com vc aquele livro que vc falou?) 
Sel é um sufixo diminutivo. Então Das Mitbringsel é literalmente “o coisinho de trazer consigo”.   

Bummsinchen
Muitos alemães não conhecem essa palavra, mas ela existe. Bummsinchen é aquele coisitcho de plástico ou de borracha que você cola na parede onde a maçaneta da porta bate quando aberta, pra não danificar a pintura/revestimento/parede. Batedor? Deve ter um nome específico pra isso em português que eu não sei assim como os alemães não sabem Bummsinchen. É uma palavra que mais quem é arquiteto ou da área que vai saber. Mas chama assim. E está na minha lista pq é uma palavra que soa ridícula e que todo mundo acha engraçada. Se você perguntar pra um alemão como que chama esse coisinho (vc pode aproveitar aqui para usar a palavra que vc acabou de aprender lá em cima, Dingsbums) de colar na parede pra maçaneta não bater na parede, e ele não souber, ele certamente vai achar bem engraçado quando vc ensinar pra ele que esse Dingsbums chama Bummsinchen. (Um nome mais neutro seria Türstopper, literalmente “Parador de porta”).

A origem da palavra Bummsinchen também é ótima. Bumm é o barulho que a porta faz quando bate na parede. Então Bummsinchen é o “negocinho de fazer bum”.

FALA se Alemão não é uma língua supimpa?? Eu diria que alemão é super!

Spelunke
Quer adivinhar o que significa Spelunke? De todas as palavras que eu conheço em português e ousaria tentar usar numa frase em alemão na esperança de que o meu interlocutor alemão entendesse do que eu estou falando, ESPELUNCA jamais estaria nessa lista. Mas eis que a tradução de espelunca é… Spelunke. 
A primeira (e pra ser sincera, a única) vez que eu ouvi a palavra Spelunke ser usada em alemão eu quase comecei a rir pq jamais imaginar que logo espelunca seria igual nas duas línguas.

Bom, pra ser precisa, há uma leve diferença. Quando eu digo espelunca em português normalmente eu tô me referindo a uma casa caindo aos pedaços. Spelunke é mais um bar toscão num porão muquifo frequentado por fulanos mal-encarados cheirando a álcool e cigarro. Ou uma casa de jogo. Esses dois significados são, na verdade, tb parte dos significados oficiais de “espelunca”, como acabei de descobrir aqui. 

Stehrümchen
Minha segunda palavra preferida em alemão (a primeira é a próxima), Stehrümchen é um substantivo usado para se referir a bobeiras inúteis que não servem pra nada e só ficam de bobeira ocupando espaço na estante. Tipo o presente de Natal do amigo secreto da firma. Aquela miniatura da Torre Eiffel que sua tia te trouxe de Paris. O cachorro  de plástico com a cabeça que fica balançando que você põe no carro. Uma bola de vidro que você chacoalha pra fazer “nevar” dentro. Um enfeitinho inútil que só ocupa espaço. 

O legal da palavra é a construção da mesma. Rumstehen significa “Stand around” (não tô achando uma boa tradução em português), ficar de bobeira. Chen é um sufixo diminutivo (A essa altura você deve estar se perguntando quantos sufixos diminutivos existem em alemão! Chen, Sel, I. Mas acho que é só, mesmo.). Então Stehrümchen traduz para “coisinha que só fica de bobeira”. O legal do alemão é que dá pra juntar as coisas e criar esses substantivos com significados óbvios.

Feierabend
E pra terminar essa lista, minha palavra alemã preferida de todas as palavras não só alemãs porém de qualquer língua. A melhor palavra já inventada. Feierabend.
Se você sabe um pouco de alemão, talvez saiba que Feier significa festa, e que Abend significa noite (não noite tipo a hora que vc dorme, mas noite tipo as horas entre o fim da tarde e a hora de ir dormir. Em português não tem uma palavra específica pra esse horário, mas é o Evening do inglês.). Assim sendo, se você ouvir a palavra Feierabend sem saber o que ela significa, vai entender “noite de festa”. O que vai gerar certa confusão na sua cabeça quando no fim do expediente na sua primeira semana trabalhando na Alemanha, seu chefe desligar o computador e comentar com você:
Jetzt machen wir Feierabend, oder?
(Agora a gente faz uma noite de festa, né?)
E vc vai ficar:
meme
“Q? Meu chefe tá me convidando pruma festa? Sugerindo algo indecente? Q q tá rolando?”
Calma, muita calma nessa hora. Não presuma assédio. 
Na verdade, seu chefe está apenas sugerindo que você pare de trabalhar e vá pra casa que já tá tarde. 
Feierabend significa, simplesmente, noite após o expediente. Qualquer noite de um dia em que vc trabalhou é uma Feierabend. Feierabend é mais que uma palavra, é um conceito. A “festa” no caso é festejar que terminou o expediente. A noite vc festeja o término do expediente, vc joga os documentos pro alto e vai pra casa aproveitar a vida! 
O brilhante dessa palavra, é que não é uma palavra utilizada em nenhum contexto especial. Ela é uma palavra totalmente normal, utilizada pra se referir a toda e qualquer noite pós-expediente. Você poderia, teoricamente, todo dia se despedir dos seus colegas e chefe no trabalho dizendo
Also, ich mach jetzt Feierabend, bis morgen!
e ninguém acharia estranho!

Essa palavra define a atitude dos alemães em relação ao trabalho. Eles são eficientes, precisos, produtivos, trabalhadores. Mas só no horário do expediente. Deu 17h: Tschüsi!

E por isso que Feierabend é minha palavra alemã preferida. Porque todo dia é dia de festejar o fim do expediente! XD

Pra terminar, uns memes com Feierabend:


(Publicado em 23 de Outubro de 2019)