sobremesa

Doces alemães

Apesar da comida alemã não ser a mais atraente que você já conheceu, em uma coisa eles bem que acertam: doces.

O curioso é que, se você for tentar fazer doces brasileiros por aqui, vai perceber que leite condensado não é tão fácil de encontrar, doce de leite não existe, várias coisinhas que pra gente são essenciais para doces aqui não são comuns. Mas na verdade isso é até um ponto positivo daqui: os doces alemães não são mega doces e enjoativos, como aquele bicho-de-pé que vc come uma bolinha e já não agüenta mais pensar em doce. Sempre que eu faço algum doce brasileiro aqui, os alemães reclamam do excesso de açúcar. E você acaba acostumando e depois também acha tudo muito doce no Brasil. (mas não menos delicioso, hehehe)

Um ou outro doce ou sobremesa alemã eu já comentei aqui no blog: a Bomba de Iogurte, o Pudim de baunilha com cerejas e o Berliner, que parece um sonho.

Um tipo de doce que você vai sempre encontrar em padarias são tortas de morango/framboesa/groselha ou outras frutinhas desse tipo. Elas têm essa cara aqui:

2015-06-07 14.07.02

O bolinho do lado é outra coisa que você encontra com freqüência por aqui, chama Quarkbällchen (bolinha de quark) e é bem parecido com um bolinho de chuva, só que com uma casca menos crocante.

Parecidas e também comuns são outras tortas/bolos como cheesecake, Zupfkuchen (é um cheesecake com chocolate), e outras várias sempre cortadas exatamente nesse tamanho padrão de torta de padaria.

2015-05-17 12.55.06

Da esquerda pra direita temos: alguma torta com frutinhas vermelhas; Pflaumenkuchen, que é torta de ameixas; Apfel mit Decke, um bolo de maçã com cobertura de açúcar derretido; Eierschecke, é um bolinho típico aqui de Dresden feito com ovo e uma cobertura de maçã e; Karibikschnitte, que é um bolo de chocolate, abacaxi e côco que é uma delícia.

2015-05-29 08.50.37

E outro doce que você sempre encontra em padarias diversas chama Schweineohr (orelha de porco). O nome talvez não seja tão atrativo, mas o doce bem que é:

2015-07-27 09.33.53

É uma massa folhada com as pontas mergulhadas em chocolate. Esse outro parecido é menor e feito de marzipã, portanto um tanto mais doce:

2015-05-29 08.32.27

O outro da foto é alguma massa folhada qualquer, tem vários doces folhados. Não sou muito fã então acho que nunca experimentei nenhum desses, logo não sei dizer o que eles contêm.

2015-06-07 14.07.15

Um bolo que você encontra sempre por aí é o Donauwelle (ondas do Danúbio). É esse daqui:

2015-07-07 15.24.25

Uma massa com chocolate e creme, recheado com cerejas e uma cobertura meio durinha (mas não muito) de chocolate. Qualquer doce com cerejas dentro é uma delícia, claro.

Um ingrediente bem comum em doces por aqui e que não existe no Brasil é semente de papoila. Não existe no Brasil porque aparentemente papoila é uma planta com a qual dá pra fazer sonífero, ou drogas, sei lá, e portanto ela é proibida. Mas aqui não é e as sementes, ou a pasta feita delas, dá ótimos doces. Como esse bolo abaixo. Às vezes parece chocolate, então você pode acabar pedindo um doce achando que é com chocolate, mas na verdade é a pasta dessa semente. Em alemão chama Mohn, então já sabe, se tiver Mohn no nome, não é chocolate. Mas é bom, também.

2015-07-13 16.52.33

Mas o que é provavelmente meu doce preferido é o Johannisbeerschnecke. Johannisbeer é a groselha (a fruta), sobre a qual discutimos nesse post sobre frutas. Schnecke significa caracol, e é o nome dado a doces em formato espiral com açúcar derretido por cima. É MUITO gostoso.

2015-05-22 11.52.35

Outros Schneckes também são ótimos, como o abaixo, de quark.

2015-07-28 10.24.49

Tem muitos outros doces que eu não falei porque não consegui fotografar desde que comecei a “colecionar” fotos (toscas tiradas com o celular, mas enfim) de doces pra esse post. Então quem sabe uma hora dessas aparece um Doces Parte 2.


(Publicado em 29 de Julho de 2015)